Com reajuste negado, Sindaspes segue com pauta de negociações junto ao Governo

sex, 23 de jun de 2017 imprimir

Governo informa a sindicatos que, por mais um ano, não dará reajuste a funcionalismo público

O Sindicato dos Inspetores do Sistema Penitenciário do Estado (Sindaspes) foi convidado a se reunir hoje (23/06), às 10 horas, no auditório da Secretaria de Gestão e Recursos Humanos (Seger), no edifício Fábio Ruschi, no centro de Vitória, com representantes do Governo do Estado para ouvir a contraproposta a respeito do reajuste inflacionário da categoria e de outras entidades, que já figuram três anos de depreciação salarial. O Governo havia informado que, após apresentação do balanço fiscal do primeiro quadrimestre aos sindicatos, no último dia 7, faria uma análise da viabilidade de reajuste e a apresentaria em 15 dias.

Hoje, o Sindaspes foi negativamente surpreendido com “um tapa de luva de pelica”: o reajuste de qualquer percentual foi negado (o governo havia feito simulação de 4%, o que implicaria desembolsar permanentemente R$ 240 milhões) mas, em contrapartida, o chefe de gabinete do governador, Paulo Roberto Ferreira, e o assessor de relações sindicais do governo, Francisco José Carlos, se comprometeram a dar seguimento à pauta de negociações individuais e cumprir as reivindicações estabelecidas para curto, médio e longo prazo.

Além disso, enfatizaram que nos próximos dias será encaminhado para a Assembleia Legislativa do Estado (Ales) um projeto de lei para estender e passar a pagar auxílio-alimentação a todos os servidores do Executivo e que, e no decorrer do ano, vão estabelecer uma data-base para o funcionalismo público, o que ainda não existe.

O presidente do Sindaspes, Araujo, não conseguiu disfarçar seu descontentamento, que reflete o pensamento e a indignação de toda a categoria, mas tem consciência de que, nesse momento, é preciso agir com frieza e inteligência para não inviabilizar as negociações em curso.

“Apesar de a notícia ser desanimadora, de fazer transbordar em todos os sindicalistas ali presentes sentimentos nocivos, de revolta, de desânimo e desvalorização, nós, Inspetores Penitenciários, temos conseguido avançar na pauta de negociação, com implantação da Hora Extra, extinção da portaria 74-S, e estabelecimento de datas para debate e cumprimento de outras reivindicações, como Plano de Carreira, Escala Especial e aquisição de equipamentos de proteção individual (EPIs), por exemplo. Por isso, temos que ter cautela para não agir com imprudência, vamos seguir as negociações de maneira firme e incisiva para conseguir o que almejamos”, analisou Araujo.

Assessoria de Comunicação do Sindaspes

Kamila Rodrigues
Tel.: (27) 99809-6376

Diretor de Comunicação do Sindaspes
Jonathan Furlani
Tel.: (27) 99667-8563
comunicacao@sindaspes.com.br
 

NOVO SINDASPES, COMPROMISSO E ÉTICA NA LUTA PELA CATEGORIA!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS