Sindaspes se reúne com secretário da Justiça na próxima 2ª feira

sex, 11 de mai de 2018 imprimir

Sindicato tem reunião com secretário da Justiça na 2ª feira

A diretoria do Sindicato dos Inspetores do Sistema Penitenciário do Estado (Sindaspes) tem reunião marcada com o secretário de Estado da Justiça, Walace Tarcísio Pontes, na próxima segunda-feira (14/05), às 14h30, no gabinete dele, no Edifício Fábio Ruschi, no centro da capital.

Entre os assuntos a serem tratados com Pontes estão a Escala Especial, que é tratada como substitutiva efetiva da Hora Extra e solução financeira e funcional tanto para o déficit de pessoal quanto para a questão remuneratória da categoria.

A necessidade de realização de Concurso Público, uma vez que o Estado já tem uma carência reconhecida de recursos humanos e que se amplia conforme as aposentadorias de efetivos e término do contrato de servidores em designação temporária.

O andamento da aquisição dos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), entre eles coletes, já licitados, e armamentos, pendente de autorização do exército e licitação.

A quarentena com relação à contratação de Inspetores em designação temporária (DTs) – que já havia sido derrubada por meio de Lei Complementar, mas que foi inserida no último edital feminino da Secretaria de Estado da Justiça (Sejus) e o Sindicato teve de recorrer à justiça para que candidatas pudessem prosseguir no certame.

Além de detalhes a respeito dos próximos processos seletivos. A diretoria quer estar a par e discutir os requisitos a serem inseridos no próximo edital, de modo a evitar que servidores que já atuaram na Sejus sejam prejudicados por fatores que, inclusive, ferem a legislação.

A diretoria também vai debater mais uma vez a necessidade de rever a escala de trabalho dos DTs, permanecendo exclusivamente a Escala de  24x72, uma vez que ela é a mais adequada ao trabalho executado, menos desgastante e isonômica com relação aos Inspetores efetivos.O presidente do Sindaspes, Sostenes Araujo, lembrou que esse é um assunto que urge decisão. "É de conhecimento de todos que é uma escala desumana, desgastante, e para a execução de um serviço de risco e que afeta emocionalmente os servidores. E os efeitos dela nos Inspetores são aparentes, sabemos que eles se submetem a ela, por necessidade e amor à profissão, mas não podemos permitir que isso perdure por muito mais tempo. Se necessário for, vamos levar o assunto para a Casa Civil para buscar uma solução o mais rápido possível,  primando pela saúde dos nossos colegas e pela segurança de todos em sua volta", afirmou Araujo.

A questão dos 40% de Risco de Vida também será debatido. Araujo já havia tratado do assunto com o secretário no dia 25 de outubro do ano passado e o Jurídico da entidade ingressou com uma ação Judicial requerendo o pagamento do benefício em novembro do ano passado.

"O risco de vida não é direito somente dos comissionados ou servidores em função gratificada, mas, sim, de toda a categoria, e por isso, o pleiteamos judicialmente e vamos insistir paralelamente na discussão administrativa", afirmou o presidente do Sindaspes.

Já o Plano de Carreira da categoria não entrará no rol de discussões com Pontes, uma vez que a continuação da leitura do projeto e os debates acerca dele já estão marcados para acontecer junto ao Grupo de Trabalho Peramente, na Seger no próximo dia 25, às 10 horas.

Assessoria de Comunicação do Sindaspes

Kamila Rodrigues
Tel.: (27) 99809-6376

Diretor de Comunicação do Sindaspes
Jonathan Furlani
Tel.: (27) 99667-8563
comunicacao@sindaspes.com.br
 

NOVO SINDASPES, COMPROMISSO E ÉTICA NA LUTA PELA CATEGORIA!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS