Sindicato dos Inspetores do Sistema Penitenciário do Espírito Santo

O manifesto de recusar receber presos nos Centros de Detenção Provisórios do estado, promovido pelo Sindicato dos Agentes Penitenciários do Espírito Santo (SINDASPES), foi suspenso no início da noite desta segunda-feira. A decisão foi tomada após reunião dos diretores do sindicato com o secretário de justiça, Sérgio Alves Pereira.

O secretário pediu para o sindicato suspender o manifesto com a promessa de que os agentes terão uma resposta em relação a reestruturação da carreira de agente penitenciário e melhorias das condições nas unidades prisionais do estado. Sérgio Alves deu a palavra dele e pediu um prazo até às 14h da próxima sexta-feira (16).

O SINDAPES informa que se até o prazo pedido o governo não der uma resposta concreta, decretara greve por tempo indeterminado. A greve foi votada na manhã desta segunda-feira em Assembleia Geral em frente à entrada do Complexo Penitenciário de Viana.

Nesta segunda-feira dezenas de presos advindos de delegacias foram impedidos de entraram no sistema penitenciário para os Centros de Detenção Provisório espalhados pelo estado.

© 2019. All rights reserved.