Sindicato dos Inspetores do Sistema Penitenciário do Espírito Santo

Um texto de alerta aos Inspetores Penitenciários sobre o interesse do atual secretário da Justiça de alterar a escala de trabalho está circulando nas redes sociais desde o último dia 19/02 e o Sindicato dos Inspetores do Sistema Penitenciário do Estado (Sindaspes) o classifica como um desserviço à categoria.

O conteúdo diz:

"Hoje, 19.02.2019, em conversa com um membro do Sindaspes, fui informado que o atual Secretário está fortemente inclinado a alterar nossa escala de trabalho para 12x36. Segundo as palavras do próprio Secretário: 'O segredo do sucesso eu não sei, mas do insucesso é tentar agradar todo mundo'. Além disso, o Secretário ressaltou que a PM já está mobilizada para ser acionada  havendo mobilização por parte da categoria. Preparem-se, pois com o fim da hora extra o remédio para sanar o déficit de servidores será o sacrifício da saúde mental, física e econômica da categoria. A categoria está doente, no entanto, estão querendo nos sepultar. Repasse até que essa mensagem chegue a alguma autoridade com discernimento para nós socorrer desta grave ameaça".

O presidente do Sindicato, Sostenes Araujo, esclarece que o objetivo do conteúdo é de inflamar os demais servidores, porque o assunto não tem procedência, a suposta fonte citada não existe, e as aspas do secretário Luiz Carlos Cruz não poderiam ser citadas sem que o próprio autor do texto as tivesse ouvido ou lido.

"Na primeira reunião com o secretário, deixamos claro que estamos buscando a regulamentação da escala de trabalho, para que todos os Inspetores possam atuar de forma isonômica e menos prejudicial à sua saúde física e mental. Esclarecemos que não existe a possibilidade de negociar alteração na escala de trabalho e que qualquer movimentação nesse sentido teria impacto mobilizacional da categoria. A diretoria desde o governo anterior se posiciona de forma irredutível quanto esse assunto e os mesmos rumores de alteração surgiram em anos anteriores e não vingaram. Desta vez não será diferente. Não iremos recuar”, esclareceu Araujo.

Assessoria de Comunicação do Sindaspes
Kamila Rodrigues
Tel.: (27) 99809-6376

Diretor de Comunicação e Assistência Social do Sindaspes
Jonathan Furlani
Tel.: (27) 99667-8563
comunicacao@sindaspes.com.br
 

© 2019. All rights reserved.